Capítulo 42: Em Maus Lençóis!

Capítulo 41: Dose de Trovões!

Capítulo 43: Mais Elementos na Equipa!

titulo_C42

Depois de uma vitória na cidade de Aer, ganhando assim o seu quarto crachá, Steven continua a sua viagem com Mariah. Os nossos heróis caminham por um terreno verdejante e Steven nota em algo.

— Aquilo ali não é um Pokémon?

Os dois apressam-se para o local

scatterbug

scatterbug-pokedex

— É mesmo!
— Deve ter sido capturado e depois fugiu.
— Falas isso por causa da jaula, Mariah?
— Sim. Parece-me que estas pertencem às do tipo usadas por caçadores.

Um segundo depois, o chão por baixo de seus
pés abate-se e os três caem num grande buraco.

buraco

Felizmente, a queda não foi muito abrupta. Mas, daquela altura,
os dois não sabem como hão-de escapar.

— Quem se lembrou de fazer aqui um buraco? — indignava-se Steven.

— Caíram bem na minha armadilha! — ouvia-se a voz de um homem do lado de fora do buraco.

— Quem és tu? Mostra-te?
— Estás a ser muito inconveniente para uma menina.
— Já chega desses disparates!
— Pronto, pronto. Tcha Tchan!!

Um homem de grandes barbas mostra-se

— Desta vez, foste mesmo apanhada, Mestra do Raikou.
— O quê? Pertences aos Caçadores do Abismo?
— Bingo, miúda! Quando te vi ao longe, calculei logo que fosses tu. Bastava arranjar um Pokémon com aparência de ter fugido de um caçador para que te aproximasses o bastante.

— Então, este não é um Pokémon selvagem? — pergunta Steven confuso.
— Nepes, puto. Esse Scatterbug é meu e bem meu!
— Maldito!

Scatterbug sobe pelo buraco até ao ombro do homem

— Se não fosse o meu amiguinho Diglett, vocês não estariam aí!
— Diglett?
— Exactamundo, pirralho! Olhem aí para o chão!

Um Pokémon pequenino aparece

digglett

digglett-pokedex

— Facilmente detectável? Não me parece nada. Não me lembro de ter visto algum rasto na terra.
— Pensa um pouco, rapaz. O Diglett é um Pokémon Toupeira, certo? Onde vivem as toupeiras? Não é no chão? Se eles quiserem ficar debaixo do solo sem serem vstos ou detectados, podem.
— Grr…!

— Mas chega de conversa fiada. Scatterbug, prende-os com Disparo de Fio!

Scatterbug desce a grande velocidade
e expele um forte fio de seda.

fio

Mariah e Steven ficam presos e não se conseguem libertar

— Está na altura de vires comigo. Mas como não quero que o teu amiguinho ande por aí “perdido”, ele poderá fazer-te companhia.

O homem estala os dedos e outro Diglett aparece

— Levem os dois para o nosso local!

Os Diglett cavam uma passagem em frente e
depois levam-nos na cabeça até ao local que o homem tinha indicado

local

— Onde estamos? — inquire Mariah irritada.
— Estamos num local de espera.
— Local de espera?
— Yup! Estamos aqui, porque foi aqui que combinei com os meus amigos. E, como tenho cá convidados, eles poderia sentir um pouco de seca. Não têm ninguém com quem falar.
— Amigos? Convidados? Que queres dizer?
— Tu fazes muitas perguntas, não? Mas não há crise. Alguns membros dos Caçadores do Abismo virão até cá, porque lhes mandem uma mensagem a dizer que estavas cá a fazer-me companhia. Quanto aos convidados… Bom, estão aqui dentro.

O homem retira uma manta que estava a tapar algo
e esse algo era uma grande jaula com 2 Pokémon lá dentro

— Que fizeste tu com estes Pokémon? Responde-me?
— Outra pergunta… Este Heracross e este Sewaddle têm sido os meus animais de estimação. Só estou à espera que me paguem, pois estes já possuem dono. Divirto-me o quanto puder, estás a ver?
— Como podes!
— Eu sei o quão apaixonada és por Pokémon insecto. Por isso, decidi mostrar-tos. Mas não te preocupes. Eles estão bem. Bom, bem no meu dicionário, é claro.

— Desgraçado! Quando sair daqui…
— E tu, rapazola, baixa o bico. Se calhar, tenho mesmo de pedir ao Scatterbug para vos amarrar a boca. Mas, espera aí… Tenho uma ideia antes de vos amarrar a boca.

O homem pega num chicote e
lança-o ao Sewaddle e ao Heracross

— Pára com isso!
— É isso, miúda. Fala alto. Grita! Posso não chegar a eles com este chicote, mas na sua ponta estão colocados alguns mini-dardos paralisantes. Ao manejá-lo, estes dardos libertam-se e provocam alguma agonia a estes bichinhos queridos.

Heracross e Sewaddle gritam alto

— Isto parece tão divertido! Tentemos nova…

Naquele mesmo instante, a agente
Jenny entra de rompante

jenny

— Apanhei-te em flagrante, Kuasar!
— Então, a agentezinha descobriu o meu local secreto. Que hei-de eu fazer? Ah, espera, já sei. Diglett, usem Tempestade de Areia!

tempestade-areia

— Diglett, Scatterbug, vamos embora!

Kuasar sai pela porta e fecha-a rapidamente.

— Vou dar a todos uma lição que não se esquecerão. Vai, Cyndaquill!

cyndaquill

Na casa

— Ele conseguiu escapar! — irrita-se Jenny. — Conseguiu fugir e fechou a porta para que a tempestade não tivesse lugar para sair!

Jenny tenta encontrar a porta

— Encontrei-a! — diz com entusiasmo.

Quando ela abre a porta…

— Cyndaquil, Lança-Chamas!

lanca-chamas

Para escapar às chamas, Jenny retrocede para dentro

— Oh, não! — abala-se Mariah. — A casa está a arder! Que fazemos? Estamos presos!

— Agora, não podem fugir. Infelizmente, terei de dizer aos meus companheiros que foi um acidente de percurso.

— Vou desamarrar-vos e, de certo, que arranjaremos uma forma de sair daqui!

Que acontecerá à agente Jenny, aos nossos heróis e aos Pokémon enjaulados? Será que vão escapar? Não percam o próximo capítulo de Confrontos de Topo!

Próximo Capítulo: Mais Elementos na Equipa!

Capítulo 41: Dose de Trovões!

Capítulo 43: Mais Elementos na Equipa!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *